Fibras e a Saúde do Homem

Blog de Moda MasculinaGrooming
Hoje, com o avanço da informação e das formas de comunicação, aborda-se muito mais sobre a saúde masculina, falando de prevenção e bem-estar. Segundo dados epidemiológicos, sabe-se que os homens são mais suscetíveis às doenças em comparação com as mulheres. Diante disto, escolhi como tema para abordar a saúde plena do homem do século XXI, as FIBRAS. Por quê? Por que a tendência masculina em todos os séculos é a exclusão de alimentos compostos por fibras pelo fato de não realizarem um simples “lanche da manhã” ou “lanche da tarde”, e isso, ao longo da vida, acarreta em complicações mais severas.


Os lanches entre as refeições são períodos curtos de tempo para que você possa suprir suas necessidades e garantir a energia necessária ao corpo. E o que consumir? Principalmente frutas!

As frutas (e também todas as verduras e legumes) são as mais ricas em fibras, o que mantém um trato gastrointestinal saudável e livre de complicações. Homens que ao longo da vida mantém uma dieta pobre em fibras, podem gerar uma doença intestinal chamada diverticulose.

A diverticulose é uma complicação na parede do cólon, com a formação de “bolsas” resultantes  da constipação (ou intestino preso, seu nome mais popular) prolongada e aumento das pressões no cólon. Suas causas estão relacionadas à idade, genética, estrutura colônica (bactérias patogênicas no intestino) e principalmente à dieta pobre em fibras ao longo da vida. A falta de atividade física também pode contribuir para o desenvolvimento da doença, devido ao movimento mais lento do conteúdo gastrointestinal.

Homem: se você ainda mantém uma vida sedentária, não tem costume de consumir frutas nos intervalos das refeições e consome no almoço apenas alface e tomate como salada, está na hora de se prevenir! Saúde é muito mais do que ausência de doenças.

A ingestão recomendada de fibras para os homens adultos é de 38g por dia. Para acompanhar esta alta ingestão, deve-se aumentar o consumo de líquidos, chegando a 3 litros diariamente.

Não exclua as fibras do seu cardápio, realize ao menos um lanche todos os dias.

Faça hoje aquilo que você pode. Não deixe para amanhã!

Mariana Godoy,
Nutricionista graduada pela Universidade de Taubaté-SP.​

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.